Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Poeta

A vida inteira raptou-me a poesia
E eu me deixei levar, sem luta ou resistência...
Pois me convenci um dia
Que me governava
Que escrevia apenas por vontade
E controlava o que eu nem era.

Mas a poesia, assim como a mulher astuta
Que molda a farsa e a todos manipula,
Me convenceu que eu era livre e riu-se
De ter me feito ingênuo
Vil
E contra mim
Me fez poeta.
Henrique de Castro Silva Junior
Enviado por Henrique de Castro Silva Junior em 02/06/2006
Código do texto: T168054
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Henrique de Castro Silva Junior
Paracambi - Rio de Janeiro - Brasil, 37 anos
51 textos (6439 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 21:25)
Henrique de Castro Silva Junior