Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Coisas de Dor

De uma coisa eu não
tenho - a possibilidade
de se perder dentro de mim!

Coisa fácil, mas complicada.
 
Se você é, você tem,
se você tem é porque preza,
se preza é porque ama.
 
Simples, basta tirar
esta nódoa de amor
de suas mãos,
encravada no seu coração
e você fica virgem de ninguém.

É quando dá a dor.

E não magia que a alivie,
nem fadas que as respite.

Você é um sozinho,
perdido de você mesmo,
numa situação delicada,
cheia de açoites e ventos
corsos que baldeam teu
espírito além-água, onde
só habita a solidão.
 
E não adianta ser mestre
de coisa nenhuma.
 
Nem palavreado difícil,
ou dono de cartório vicinal.

A vida tem lá essas
coisas; você perdeu o dom
de ser você mesmo,
dono de suas coisas
e se perdeu dentro de
suas memórias
que, um dia, o tempo,
vai levar.

Se se levar,não leva sozinho.

Leva suas coisas, seu dengo,
seu amor-perfeito.
Aquela...aquela
mulher que sempre te amou.!
José Kappel
Enviado por José Kappel em 03/06/2006
Código do texto: T168475
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
José Kappel
Nova Friburgo - Rio de Janeiro - Brasil
2147 textos (26782 leituras)
1 e-livros (125 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/12/16 02:30)
José Kappel