Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Tem Tudo de Bela

Coitada dela.
Tem tudo de bela.
É arisca, formada em gôndolas
de ouro,
nascida num mar de poucas
ondas.

Não posso dizer que não,
nem que sim, igualmente,
dela só resta a lembrança
dos eternos semblantes
de alegria infantil:
e dramático: corpo de
mulher
remoendo em
minha vida pouco fenícia !

Hoje,dela, só resta o retrato
um prato e uma cachemira.

Coitada dela.
Bem que eu disse:
amar devagar dá saudade
com pressa da ansiedade
não amar dá desespero
e piedade.

Coitada dela!
Tem tudo de bela,
mas não tem sequer
um pedaço de amor
neste aniversário
de poucas velas !
José Kappel
Enviado por José Kappel em 03/06/2006
Código do texto: T168488
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
José Kappel
Nova Friburgo - Rio de Janeiro - Brasil
2225 textos (27768 leituras)
1 e-livros (133 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 29/06/17 01:05)
José Kappel

Site do Escritor