Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Miséria

Estarrecida olho
Corpos no chão
olhos vidrados
bocas espumadas
fétido está o ar.
Deus! até quando?
Quanto horror
quanta tragédia
quanta dor!
Miséria do ser
Humano?
Não,não,não
Des(humano)
Ódio, raiva, desamor
Calunia o Poder e mata
Mata em nome do Amor
Amor egoísta
bandido,
esquecido,
armado.
Só queria
ser amado.


Carmem Lucia
Enviado por Carmem Lucia em 04/06/2006
Código do texto: T169010
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Carmem Lucia
Campo Grande - Mato Grosso do Sul - Brasil
1017 textos (44838 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/12/16 08:42)
Carmem Lucia