Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Perene Amor

De seus cabelos, faço lâminas de estrelas,
e ela reluzem até onde existir a eternidade!
De seus lábios, faço ramos de desejos
para quando o sol nascer
reflitam, aos incrédulos, a nossa perenidade.

Um dia, quando o céu acabar,
e ganharmos a liberdade,
crianças do tempo vão enviezar
pela abóboda da realidade e
de lá conhecer nossa verdade.

E lá irão achar, cravado em aço,
em alguma flor atordida, e tão forte de alisar,
dois nomes inscritos: José e Maria, que
por aqui viveram e
amaram pelas milhares de
horas, que a vida lhes cedeu,
e daqui rezaram,
pelo amor deles que - conta a história -
jamais teve fim!
Coroada de perenes e plácidas glórias!
José Kappel
Enviado por José Kappel em 04/06/2006
Código do texto: T169084
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
José Kappel
Nova Friburgo - Rio de Janeiro - Brasil
2147 textos (26785 leituras)
1 e-livros (125 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 14:00)
José Kappel