Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

ALMAS DE ÍNDIGOS


            Amor, suave e meigo
           Que atrai toda beleza
           E em matizes de cores
           Plasmado no cheiro das flores
           Registrando no livro da vida
           São alados guardiões
           Descendo em desprendido amor
           Nascendo em todos os lares
           Esquecendo sua própria dor
           Manifestando toda a força
           Em divina presença
           Fazendo toda a diferença
           No plano da evolução
           São seres que amam demais
           Que em vestes carnais
           São presentes para os casais
           Afeitos ao amor pelo irmão
           Buscando extirpar todo mal
           Pela eterna lei do amor

                  DIANA LIMA, Santo André/SP, 09/01/2006


Diana Lima
Enviado por Diana Lima em 06/06/2006
Código do texto: T170373
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Diana Lima
Santo André - São Paulo - Brasil
152 textos (52795 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 10:24)
Diana Lima