Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Insensatos sentados em comodities...

Insensatos sentados em comodities
Lavras bastardas em alabastro
Refregas do cotidiano, em espécies
Numerologia na falta de luz, destro

O perfil sem vez e distinção
Volta para casa por um desses trilhos
Perante o inexorável véu da solidão
Tocando B.B. King, noite de brilhos

Labaredas de outra madrugada
Azedo limão, cerveja posta
Ímpares constantes, leitura dada
Você seminua, deitada de costa

Lapso diurno, vagando rimas cifradas
Entre agulhas fátuas, estrelas em chamas
Outras canções, tons dissonantes

Do solitário a caminho da Ilha
Jardins suspensos, rota que pilha
Esperando afagos, jogos de amantes

Ah! essa e outras vidas que me alucinam!!!

Peixão89
Publicado também na AVBL - Academia Virtual Brasileira de Letras
Peixão
Enviado por Peixão em 15/05/2005
Reeditado em 06/07/2005
Código do texto: T17042
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Peixão
Santo André - São Paulo - Brasil, 57 anos
3231 textos (120253 leituras)
1 e-livros (241 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 06:10)
Peixão