Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

 Loucuras de um coração despedaçado!


A loucura em meu coração não passa,
parece que ultrapassa as barreiras do próprio peito,
e grita um grito inumano,animal,
com a boca de não sei qual génio!
É ela a loucura que em mim tem transpassada a mente,
instalada no peito, a gritar loucuras,
traz consigo imagens de tantos outros tempos,
vertigem que a própria visão me embaraça!
Os membros que a mente comanda e acessa,
tão desconexos tenho,
é um tremor que me embaraça,
é a fala que á lingua traz um gaguejo,
frases tão desconexas...tão burras...
Faz-me penar...E penso:-"Celebro não tenho!"
Tento a todo tempo nomear tal mal, esta loucura;
que tanto me faz inconsequente...
Esbarro em medos antigos,
em inseguranças que tenho,
mas o nome desta loucura sei-o bem; é pequeno!
É amor, por ti, meu bem tão precioso...
Que me faz tão remoçado e novo,
que tremo, gaguejo, e temo,
pela responsabilidade de tê-lo,
pelo medo enorme de vir a perdê-lo!
Envolto com toda a felicidade em sentí-lo!

10/08/2002
Edvaldo Rosa
Enviado por Edvaldo Rosa em 06/06/2006
Código do texto: T170597
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Edvaldo Rosa www.sacpaixao.net). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Livros à venda

Sobre o autor
Edvaldo Rosa
São Paulo - São Paulo - Brasil, 55 anos
1727 textos (173718 leituras)
23 áudios (10645 audições)
35 e-livros (8978 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 07/12/16 13:00)
Edvaldo Rosa

Site do Escritor