Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

SENHORA DA CHUVA

Eu chovo
E quando chovo
Destilo ao povo
Sentimento novo
Versos de amor
Com doce sabor
De bala ou mel
Eu chovo
Quero dar carinho
Feito passarinho
Que cuida a cria
Junto ao ninho
Senhora da chuva
Mansa e fria
Que molha a terra
E tem a magia
De brotar a flor
Mesmo que a seca dura
Castigue o chão
Chovendo versos
Deixo imersos
Nos corações
O que de melhor eu tenho
Bons sentimentos
E como a chuva
Que constrói vidas
Quero construir amizades
Por onde quer que eu vá
Se eu pudesse
Deteria a chuva
Na destruição
Mas este poder não tenho
E só a Deus pertence
Eu chovo
Às vezes lágrimas
De tristeza e incompreensão
Mas esta chuva passa
E fica só a graça
Da poesia viva
No meu coração
Denise Severgnini
Enviado por Denise Severgnini em 15/05/2005
Código do texto: T17085

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, criar obras derivadas, desde que seja dado crédito ao autor original (Denise de Souza Severgnini http://www.denisesevergnini.recantodasletras.com.br) e as obras derivadas sejam compartilhadas pela mesma licença. Você não pode fazer uso comercial desta obra.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Denise Severgnini
Novo Hamburgo - Rio Grande do Sul - Brasil, 57 anos
11345 textos (916675 leituras)
16 áudios (8882 audições)
311 e-livros (34109 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 16:15)
Denise Severgnini