Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Tudo na Vida

Que tudo não passe de um susto:
sustos vem e vão.
Mas vocês chegarem tão de repente que
me comove e me dá sensação
que lá existo eu!

Podem passar por uma visita qualquer,
pode ser ocasional uma de qualidade,
de reticentes eventos e vários comodismo.
Mas é sempre bom ver vocês - bem de alegria.

Tudo isso, faz tempo, porque
faz bastante tempo - anos, muitos anos
se acotovelam entre a paisagem e a flor!
Faz tempo que não recebo visitas tão ilustres.

Entrem, a casa é de vocês,
o agrado é do bom,
o vinho de primeira,
a primavera está esbelta e feliz,
e eu me acomodo na cadeira
feliz
e relembro a chegada de vocês!

Foi quase há 100 anos que vocês
partiram;
A mãe - esta não tem culpa -
Foi corrimã brava e autêntica.
Feliz e altaneira.

Cheguem ao alpendre
e façam vozes de corar
o pai que espera os filhos
e os acha de repente
no álbum velho de fotos
amassadas.

Neste dia de alvenaria e resplendor
Sou eu sozinho,
a cadeira rangente,
o ábum de fotografias,
e uma pertinaz lembrança
do que que a gente era
e não foi.

E neste dia, senhores,
choro devagar,
como um trem que,de mansinho
deixa a estação.

Choro porque neste dia
perdi vocês,
parte da vida,
a mãe
querida
e os dois gêmeos.

Filhos meus!
Nesta data fazem 100 anos
que os perdi!
Tudo dentro da própria vida.

José Kappel
Enviado por José Kappel em 07/06/2006
Código do texto: T171003
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
José Kappel
Nova Friburgo - Rio de Janeiro - Brasil
2147 textos (26785 leituras)
1 e-livros (125 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 02:09)
José Kappel