Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Vago Lamento

vago feito
plena pena,
vago do vago,
e só
piso de apenas.

tenho lá
lembranças
de dar dó.

tenho fotos
bem de longe,
feitos
pra chorar !

sou pedaço
de
ontem,
sou fruto e
comida,
e finjo ter
coração
de aço.

pasto
e refaço,
pois de dor,
sou só eu,
na paisagem
dos ex-amados.

sou menino
querido,
de duas gudes,
sou
largado, sem paz,
na algibeira
dos feridos !

e, se me chamam
pelo nome,
digo eu que não.

pois sou
apenas
retrato
ardido
de
tamanho
quatro
por quatro.

enfim,
no templo dos
esquecidos,
sou pilastra
avançada
onde,
sacerdotes
do amém,
lamentam
a sina
dos feridos!

José Kappel
Enviado por José Kappel em 08/06/2006
Código do texto: T171503
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
José Kappel
Nova Friburgo - Rio de Janeiro - Brasil
2147 textos (26782 leituras)
1 e-livros (125 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/12/16 08:38)
José Kappel