Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Vale dos Esquecidos

Hoje, se por um instante,
pudesse eu,
encarocolar seus cabelos
nos meus,
se, por instantes,
pudesse eu,
rolar em seu corpo
igual a um pássaro
feliz.

Ah! se fosse verdade!

Se tudo isso fosse fiel
a nossa história,
que só plantou,
dentro do amor,
bondade e querência,
lá,eu daria um viva.

E,só por um instante,
poderia reviver.

Dor!
O nosso amor
é igual a água passada,
que se confundiu com o rio
e morreu no mar dos
alados.

Hoje,sozinho e
triste,
carrego a minha
bandeira sem alça,
que desfila
no vale dos
esquecidos!

José Kappel
Enviado por José Kappel em 08/06/2006
Código do texto: T171508
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
José Kappel
Nova Friburgo - Rio de Janeiro - Brasil
2147 textos (26778 leituras)
1 e-livros (125 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 07:37)
José Kappel