Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Rosa de Maio

A rosa de maio
que no jardim nasceu,
para alegrar os olhos
dos passantes.

Desapareceu
nos ventos do tempo,
que fortes, derrubaram
até frágeis pontes.

E a rosa ficou
a lutar sozinha,
contra as forças
do vendaval.

Em instantes
perdeu as alvas pétalas,
pois não suportou
aquele temporal.

Não existe mais rosa,
se foi, morreu.
Mas, restam
outras flores
no jardim.

Que possam essas,
trazer alento.

São orquídeas,
lírios e jasmins!
Maria
Enviado por Maria em 08/06/2006
Reeditado em 04/06/2011
Código do texto: T171524
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Maria
Blumenau - Santa Catarina - Brasil
4551 textos (185961 leituras)
1 e-livros (103 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 07/12/16 09:19)
Maria

Site do Escritor