Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Sou eu! Sou eu!

Angélica T. Almstadter
 
Teu beijo venturoso na noite alta dos vencidos
Deixou aroma de mata virgem
Cheiro de cipreste selvagem
Nos meus lábios úmidos...adormecidos
 
Qual lembrança vaga dos açoites
Que verga as matas e sussurra docemente
Senti nos seios o pouso quente
Que em arrepios aguardei seguidas noites
 
Valoroso amante das horas escusas
Tremendo sob a luz das candeias
Abarca meu sono se por ele anseias
Dançando com as sombras difusas
 
Menestrel, que buscas em mim a musa
Na esquiva das horas solitárias
Abro as fendas das janelas imaginárias
E em ti assento minha vaga confusa
 
Sou eu, por quem suspiras doce amado
Acordada e imersa na tua magia
Aguardando calada, sou a que confia
Na alma da noite que me traz o teu pecado
Angélica Teresa Almstadter
Enviado por Angélica Teresa Almstadter em 15/05/2005
Código do texto: T17159

Copyright © 2005. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Angélica Teresa Almstadter
Campinas - São Paulo - Brasil, 62 anos
1054 textos (55638 leituras)
25 áudios (3274 audições)
1 e-livros (247 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 20:16)
Angélica Teresa Almstadter