Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

PALAVRA CERTA

A palavra pesa
Depois de proferida
Não há como ser negada

A navalha corta
A expressão do verso
na carne exposta

Digo somente,
Da solidão da mente
Que não mente

Escolho a palavra certa
Para que não sirva de navalha
Se eu erro, é mortalha

Se eu calo, fico só
Na solitude, desfaço-me
mas tento renascer


Denise Severgnini
Enviado por Denise Severgnini em 08/06/2006
Código do texto: T171868

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, criar obras derivadas, desde que seja dado crédito ao autor original (Denise de Souza Severgnini http://www.denisesevergnini.recantodasletras.com.br) e as obras derivadas sejam compartilhadas pela mesma licença. Você não pode fazer uso comercial desta obra.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Denise Severgnini
Novo Hamburgo - Rio Grande do Sul - Brasil, 57 anos
11345 textos (916766 leituras)
16 áudios (8882 audições)
311 e-livros (34110 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 10:39)
Denise Severgnini