Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Trinta Noites

Este mês tem trinta dias,
minha vida tem trinta noites.
Este mês é de alegria,
mas trazidas por gruas
onde nadam brumas de mal-querer.

Estou fantasiado de encantos,
alvoreço com o espírito
de pássaros, mas vou alentar
meu desleixo no sono dos brutos.

Se existe prosa mais bonita
que a me faça ditá-la
como pêndulos de amor sem-fim,
coisa que, certamente, só existe
no pôr-do-sol dos infinitos.

Adeus aos que ficam,
levo um sobretudo marginal
e um chapéu de preso inocente.

Mas sei que, lá no fundo,
no portal do fim do mundo,
existe uma mulher a minha espera
com doces trocadilhos
de amor
para alimentar minha alma,
adoçado por ânsias de amor
e aleitado por fantasmas
cujo maior feito é afastar
o dia dos homens,
trocar a vida pela morte
e nunca deixar ninguém sonhar
que um dia, também foi vida.

Trinta dias!
Meu pesadelo tem
trinta noites!
Ah! Me bate o denso
frio!
José Kappel
Enviado por José Kappel em 09/06/2006
Código do texto: T172116
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
José Kappel
Nova Friburgo - Rio de Janeiro - Brasil
2147 textos (26778 leituras)
1 e-livros (125 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 07:45)
José Kappel