Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Existir

querência é o meu viver,
é minha carta de alforria,
é a vontade que chega
é o alimento que me sacia

é algo que vem não sei de onde,
é o alçapão que me prende,
são suas mãos que me amarram
para que eu não alcance novos vôos

é uma ave aflita
que vem não sei de onde,
que pousa em mim
e em mim, se veste outra vez
Pedro Cardoso DF
Enviado por Pedro Cardoso DF em 09/06/2006
Código do texto: T172239
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Pedro Cardoso DF
Brasília - Distrito Federal - Brasil, 68 anos
4322 textos (94867 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 02:09)
Pedro Cardoso DF