Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

POR TI

(a IZA)

Não era meu poema
minhas poesias não eram.
Era o gorjeio da juriti
que rasgava meu coração.

Não era meu sentimento
minhas emoções não eram.
Era uma estrela cadente
que anoiteceu no infinito.

Não era meu deliro
minhas carícias não eram.
Era uma brisa passageira
que ao mar a vela levou.

Não era meu presente
meu futuro não era.
Era o posfácio
teimando ser prefácio.
Antonio Virgilio Andrade
Enviado por Antonio Virgilio Andrade em 16/05/2005
Código do texto: T17264
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Antonio Virgilio Andrade
Riacho Fundo - Distrito Federal - Brasil
152 textos (16226 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 10:06)
Antonio Virgilio Andrade