Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Senhora do Meio-Dia

Como nasce o dia, nasce a morte;
dois opostos que se atraem
bem no princípio,bem no fim - ao norte!
a vida e a morte são coisas que ardem.

Pior do que nossa morte
é a morte do nosso próximo!

Que volúpia de medos,
ao mal saber agora
que morreu ao beliçoso norte,
uma coisa só minha,
uma coisa que era minha ave
déspota.

Senhora absoluta e locatária
de meus poucos sentimentos
de ardência pela vida, que foi
feita para ser sugada!

Só agora sei compreender
o que jamais vou entender!
José Kappel
Enviado por José Kappel em 10/06/2006
Código do texto: T172704
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
José Kappel
Nova Friburgo - Rio de Janeiro - Brasil
2147 textos (26785 leituras)
1 e-livros (125 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 08:02)
José Kappel