Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

A SOLIDÃO


A solidão tem um quê de desespero
Que aperta e dói no peito,
Que restringe meu sono
E não se acomoda em meu leito.

É um não sei que de dor,
É uma lágrima que teima em rolar,
Uma saudade, um desejo de amor,
Pranto que não quero chorar.

A solidão invade a minha alma,
Se aconchega em meu coração,
Faz morada e não se acalma,
Faz doer sem compaixão.

Esse sentimento tão cheio de domínio
Quer fazer-se meu dono e se apoderar
Da minha vida, do meu destino,
E à loucura me levar.

Solidão... te vejo transbordar
Por todo o meu ser,
E te sinto me acompanhar
Me fazendo sofrer.

Quero encontrar o amor, dividir alegrias,
Afastar de mim essa solidão
Que me abate, incomoda,
E faz sangrar meu coração.
Despecial
Enviado por Despecial em 10/06/2006
Código do texto: T173180
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Despecial
Porto Alegre - Rio Grande do Sul - Brasil, 57 anos
352 textos (17196 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/12/16 06:43)
Despecial