Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Um amor bem temperado.


Um amor bem temperado
====================ErdoBastos

Um amor,  pra ser gostoso
Tem que ser bem temperado
Um troca-troca saboroso
Entre o doce, e o salgado

Não pode ser sempre igual
Não pode ser sempre normal

Precisa um pouco de tudo
De ânsia, de loucura
Ter paixão no conteúdo
Ter dengo, ter frescura

Um amor bem temperado
Que leva a dizer besteira
Que deixa ruborizado
Que provoca tremedeira

Mesmo depois de acabado
ainda dura a vida inteira

Se transforma, se acomoda,
se ajeita do jeito que der.
Ou reivindica e provoca
fazendo valer o que quer

Amor bom faz  deslizar
Como patinar no gelo
Faz a gente levitar
Faz eriçar o cabelo

Molha os olhos, a intimidade
Dá  vontade de gritar
E dá paz, dá tranqüilidade
Transmuta-se sem parar

Se não tem esta capacidade
O amor que dorme do lado
Se não nos faz ter vontade
De acorda-lo com um fado

Pra transar de madrugada
Apalpa-lo enquanto dorme
Ficar com a boca salgada
Obrigar que se transforme

Que se derreta em sorrisos
Misture carinhos e afagos
Ou em gestos mais precisos
Que se desmanche em agrados

Se não se  tem neste amor
Total reciprocidade
Acho lícito supor
Que é a hora da verdade

E se ele foi importante
Não se permite que escoe
Se deixa que seja mutante
Que crie asas, que voe.

E encontre um novo tempero
Que o paladar lhe encante.
Lhe mude a cor e o cheiro
Mas que o conserve picante.


ErdoBastos
Enviado por ErdoBastos em 11/06/2006
Código do texto: T173237

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
ErdoBastos
Porto Alegre - Rio Grande do Sul - Brasil, 61 anos
789 textos (36904 leituras)
2 áudios (124 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/12/16 16:04)
ErdoBastos