Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Sem Vitórias

vai dai,
vira de lá,
onde come
um,
dois
dormem
também.

louco
fico
de fome
mas não
traço
sem pico,
a pobre
de Maria.

mulher
da vez
é pólvora
de fogo,
que faz
a gente
esquecer,
até nossa
fama de
lobo
solitário,
quieto,
vesgo
e sem
nenhuma
glória.

deste embuço,
só salva
maria,
de três
vestidos,
comprada
à centavos
na feira
dos eunucos.

e se lasca
sua dor
de mulher
empobrecida
de vida,
rico fico
eu,
a lhe abraçar
com flores
e jasmins
da aurora
da minha
vida,
que se for
contada à
esmo,
começa agora
e termina
daqui há pouco,
no ruço,
e sem vitórias.
José Kappel
Enviado por José Kappel em 12/06/2006
Código do texto: T173905
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
José Kappel
Nova Friburgo - Rio de Janeiro - Brasil
2147 textos (26780 leituras)
1 e-livros (125 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 06:35)
José Kappel