Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

CHE GUEVARA

Antes de expulsar o pensamento da morte.
Antes de cancelar para sempre
o álbum da vida e da sorte
Che Guevara fez seu testamento.
Escrito entre os humildes
num vaguear de motocicleta.
 
Cumpriu os seus deveres ,
na república humana desamparada.
e pagou os seus débitos com a sociedade,
legando uma imagem,desenfreada,
onde se tem o direito de pensar nele
numa beleza pura e liberdade.
 
Vivos morremos,
descontando milhares de vezes,
a hora suprema.
Che Guevara continua descontando,
a hora suprema , depois do alento
Como se vivo fosse ,em movimento.
 
E' rico.
Sua fotografia faz a felicidade
daqueles que  sofrem costume
Quantas vezes faz esperança,
em brasa,permanente,
como a ponta de seu charuto lume.
 
Foi um batedor.
De Fidel, de Lula e de todos
humildes do mundo.
Abriu caminho para passar
os Bolívar,
Os Lulas,
Os Zé Dirceu.
E tantos... como eu.
 
 
 
DON ANTÔNIO MARAGNO LACERDA
Prêmio UNESCO
DON ANTONIO MARAGNO LACERDA
Enviado por DON ANTONIO MARAGNO LACERDA em 17/05/2005
Código do texto: T17403
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
DON ANTONIO MARAGNO LACERDA
Campinas - São Paulo - Brasil, 79 anos
55 textos (2587 leituras)
2 e-livros (95 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 22:32)
DON ANTONIO MARAGNO LACERDA