Capa
Cadastro
Textos
┴udios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

LUX┌RIA

Sou a estranha
Que corre pelas calçadas
E atravessa as ruas
Sem olhar para os lados

Sou a misteriosa
Do olho que tudo vê
Mas ninguém enxerga

Sou aquela de quem
Muito ouviste falar
E fingias ignorar
Percebi tudo.

Sou as barreiras intransponíveis
Que tentas transpassar
Sou a vontade mais forte
Que brota do teu coração

Sou tua maior inimiga
Habito em todos os corpos
Dou-me por inteiro a ti

Sou aquela a quem
Tu te entregas facilmente
Eu te consumo sem pudor
Possuo-te com voracidade

Sou uma mulher.
Com muito prazer, Luxúria.
eternamenteamando
Enviado por eternamenteamando em 12/06/2006
Reeditado em 16/06/2006
Cˇdigo do texto: T174127
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
eternamenteamando
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil, 28 anos
23 textos (750 leituras)
(estatÝsticas atualizadas diariamente - ˙ltima atualizašŃo em 04/12/16 00:05)
eternamenteamando