Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Força do Hábito

A força do hábito
=============ErdoBastos

Sem sono de madrugada
bebo olhando pro  celular.
Louco pra te dar uma ligada
precisando conversar.

É que tive uma idéia mais cedo
e precisava te contar...
Então, das cervejas que eu bebo
jogo as garrafas no mar.

Coloco nelas mensagens
que a corrente da saudade
te entrega e que tu não abres.
Até porque já sabes.

Sabes que apelos te trazem.
por isto, as deixas assim
tampadas, jogadas na margem.
Fechadas não falam de mim.

Ages assim pra  provar,
de um modo que me convença
que tu não vais mais voltar.
Que eu devo esquecer esta crença.

Não te preocupa com isto.
Faz o que teu coração mandar.
Mas, perdoa se eu não desisto,
se insisto em te esperar.

Pra mim, és ainda menina,
E deste um pulinho lá fora
pra brincar com um amigo na esquina
e distraída, perdeste a hora.

E assim que escureça vais entrar
perguntando: “o que tem pra jantar?”

 

ErdoBastos
Enviado por ErdoBastos em 12/06/2006
Código do texto: T174185

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
ErdoBastos
Porto Alegre - Rio Grande do Sul - Brasil, 61 anos
789 textos (36907 leituras)
2 áudios (124 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 05:17)
ErdoBastos