Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

SENHORA

Hei de amá-lo
Incandescente
Se me fizeres
Tão completamente
Irei ao mais distante Reino
Amor dos Deuses
Irei ter com Hermes Mensageiro
Irei... Irei... Até onde te encontrar!

Inocente-me
Beijar-te-ei longamente
Com os olhos nos olhos
E um sentimento recoberto de estrelas...

Hei de amá-lo
Até o último arfar do vento
Na boca a desculpa
Perdoa a falta de compostura
Ao despir-te com a minha ajuda
Não liga. Inocente-me.
Incentive-me

Hei de amar-te
Longamente
Assim
Sem métrica sem regras sem normas
Sem hora
Sem reticências!

Só ponto
“Ponto de Bala”!

Senhora...
Sem hora?!

Rose de Castro
A ‘POETA’


Rose de Castro
Enviado por Rose de Castro em 12/06/2006
Código do texto: T174390
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Rose de Castro
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil, 59 anos
200 textos (21739 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/12/16 06:42)
Rose de Castro