Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Poesia é...

É vida, insere-se no âmago
É luz, é amor, calada ou envolta em pranto.

Sagaz, audaz, feroz em livre sentimento atroz
Névoa tênue abrandada, resquícios de solidão
A razão dos sentidos e a bruma dos tempos.

Pensar em poesia é surpreender-se em euforia
É inteirar-se em pleno corpo ausente
É estarrecer-se com acalentos esguios.

Aos balbucios flagrados de tédio
Introduzir sua espada aguçada e implacável
Transbordar o peito com primórdios coronários
E tecer em portos vagos, as velas que ascendem ao ego.

Versejar as dunas, as árvores, os cândidos ares
As inquietações do homem carne
Bem como as fraquezas e aversões incorpóreas.

A poesia reluz, instiga o nobre e o insolente
Desaloja aos montes, veias pútridas ou pungentes
Mas encoraja ao máximo, os extremos ardentes.

Esculpida em palavras, respira com gás perene
E faz renascer o fórceps da humanidade presente
Que aos poucos o desprestígio acompanhado
Esvai-se em fumaça inconsciente
Disseminado ao léu, a poeira descrente.

Falar em poesia é, sobretudo, semear o amor
A caneta, o lenço úmido, o vazio a aguardar
A noite a calar o som e a vida a engatinhar.

Tentar compreender as carícias aveludadas
Reagir ao intróito de modo íntegro
Como contemplação à aurora reluzente.

Poetizar é profetizar
É respirar profundo, paisagens bucólicas
Enaltecer paixões, despidas de gestos
Mergulhar na história, paródias infundadas
Resgatar os ânimos, vísceras dilatadas.

Poetizar é exteriorizar
É exaltar o belo e, acima de tudo
Embriagar-se com a vida.
Cesar Poletto
Enviado por Cesar Poletto em 13/06/2006
Código do texto: T174732

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Cesar Poletto
Piracicaba - São Paulo - Brasil
730 textos (34091 leituras)
1 e-livros (247 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/12/16 16:18)
Cesar Poletto

Site do Escritor