Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

DAR-SE

Como olho d’água escondido na mata
Que supre forte um rio inteiro na vida
Segue teu poema na pretensão da cisma
de expressar teu riso como declamação.

Como ponte estreita na longa estrada
Servindo a mil multidões de aflitos
De viés entrega teu pouco palavreado
A quem nunca sentiu alguma defesa.

Como homem, apenas homem de bem
Usa dos sentidos como aprouver o amor
Dando-se mais do que sonhou pedir.
Jose Carlos Cavalcante
Enviado por Jose Carlos Cavalcante em 17/05/2005
Código do texto: T17496
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Jose Carlos Cavalcante
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil, 56 anos
732 textos (54101 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 05:52)
Jose Carlos Cavalcante