Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Faina Que Sufoca

Faina que me sufoca,
atordoa os sentidos,
me faz pequeno
que me leva além
das portas.

Que portas?

Sou apenas sufoco,
falta de ar,
mediador sem bandeira,
lntróito de fugas,
laçador de cães,
homem sem eiras!

E agora nos separa,
com balas de criança,
com chicote de adulto.

Fujo ao lado
onde mora o raio,
onde dispersa a luz,
onde morre a esperança,
onde o homem é soslaio,
e se desespera feito balaio
sem cruz!
José Kappel
Enviado por José Kappel em 14/06/2006
Código do texto: T175138
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
José Kappel
Nova Friburgo - Rio de Janeiro - Brasil
2147 textos (26784 leituras)
1 e-livros (125 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 14:24)
José Kappel