Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Face de Jasmim

Hoje eu queria,
se mais não pudesse,
e, se por favor,
e se fosse alento,
me concedese,
a primeira dança
da primavera.

Sou querente,
nada pávido,
rápido no pensar,
e tolo ao dizer:
sou também
amante esquecido,
compasso de pano colorido,
avesso,e sem lindezas
a provar.

Por isso,
eu queria,
com perdão devido,
e de porte,
de saia em saia,
eu pudesse
me acobertar
em seu rosto
de jasmim e dizer:
eu te amo.

Que é tão fácil de
falar,
e tão difícil de
compreender.

José Kappel
Enviado por José Kappel em 14/06/2006
Código do texto: T175143
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
José Kappel
Nova Friburgo - Rio de Janeiro - Brasil
2147 textos (26787 leituras)
1 e-livros (125 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 07:01)
José Kappel