Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Oração



 

Não há nada, literalmente, que eu te quisesse dizer.

Queria-te aqui, já, ou onde quisesses estar,

em qualquer lado, vida.

 

Não havia nada esquecido, também o que se esquece,

seria lembrado, no dia seguinte, porque havia dia seguinte.

 

Não havia nada atrasado, no futuro, quando o houvesse,

houvesse.

 

Não, também não é palavra que te quisesse dar,

não ficaste prejudicado. Não.

 

P.S.

Tudo fica igual. Penso que fica tudo igual. Disseram-me

Que agora é tudo igual. Igual.

 

Não há correio. Não sabemos a morada.

Constantino Mendes Alves
Enviado por Constantino Mendes Alves em 15/06/2006
Código do texto: T175805
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Constantino Mendes Alves
Portugal
324 textos (3787 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 22:37)
Constantino Mendes Alves