Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Tudo estranhamente pleno

Acho que morro esta noite, pleno
 
Está tudo tão completo
que o coração em festa
nada mais tem a brilhar

Conheci o único instante na vida
sem pensar em ti
 
O fino fio
que divide êxtase e auto-imolação
é de fina seda envolto em fogueiras
 
Sobrevivo sedento de teu beijo
onde há muito não bebo vida

 II
Pressinto morrer ao amanhecer, pleno
 
Está tudo tão completo
porque o instante em que eu sonhava
não sonhava contigo
Por aquele instante não fui tua posse
 
Mas no momento sem pensar em ti
eu delirava conhecer o amor

E já era véspera de te procurar
até onde dói o martírio de Cristo
até onde alcança a voz de Deus
Rossyr Berny
Enviado por Rossyr Berny em 15/06/2006
Código do texto: T175845
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Rossyr Berny
Porto Alegre - Rio Grande do Sul - Brasil
61 textos (3128 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/12/16 00:56)
Rossyr Berny