Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Diga alô ao paraíso

Você pode ser o que quiser
pode até deixar de ser.
Pode vir.
Pode ser.
Pode ir.
Você só não pode fingir.
Abra os braços, o coração e a alma.
Seja perfeitamente você
para que esteja inteiro.
Para ser inteiro.

Vem inteiro que te quero meu...
totalmente meu.

Vem inteiro que te quero perto,
mesmo que ser inteiro signifique
abdicar,
cair,
buscar,
ver,
chegar,
pedir,
vir,
rir,
ir,
voltar...

Mesmo que ser inteiro signifique passar adiante aquilo que mais se quer para si.
Ou não...

Vem que te quero perto e meu!

Te quero todo e já não consigo supor que isso não seja verdade.
 Como louca já não consigo ter em minhas mãos os sinais da realidade que agora se colocam bem longe e diversos.

Já não tenho a certeza de que a certeza seja algo possível ou palpável.
Já não me compreendo ou compreendo o que a vida teima em programar para mim.
Também, pouco me importa. Te quero e quero te viver
seja como for,
o tempo que for.
Só quero que seja inteiro,
profundo e verdadeiro.

Então vem,
vem ser meu amor por inteiro e o tempo inteiro que eu puder ter você.

VOCÊ!
VOCÊ!
VOCÊ!
Simone Carneiro
Enviado por Simone Carneiro em 16/06/2006
Código do texto: T176372

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (cite o nome do autor e o link para a obra original). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Simone Carneiro
Niterói - Rio de Janeiro - Brasil, 48 anos
161 textos (8349 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 07/12/16 14:39)
Simone Carneiro