Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

dor


 
É de verde este campo distinto,
o outro espaço é azul, diferente.
 
concorrem na ideia do infinito, nada , vazio.
 
o verde, a minha alma aberta, o azul, a minha água.
 
Quase um corpo emerge de tanta dor
Constantino Mendes Alves
Enviado por Constantino Mendes Alves em 16/06/2006
Código do texto: T176563
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Constantino Mendes Alves
Portugal
324 textos (3787 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 13:14)
Constantino Mendes Alves