Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Muito Fatal

fazer,
a gente diz
que faz,
mas na hora,
a coisa
não sai.

tentei,
entre
os vãos
de seu
corpo,
conquistar
pelo menos
um beijo.

que
fatal!

mulher honrada,
e do julgo,
esperta,
mas afeita à jesus,
colhem dela,
toda noite,
alguns centavos,
prá manter os
mortos bem mortos,
e os vivos despertos.

mas o fato
é que
tentei.

mas a mulher
parece mais
um frio
asfalto!

que vão furado!
apanhei igual
a um cão
danado.

mulher dfícil
essa!

beija a mão
dos santos,
mas a mim
relega,
sem pranto
a um amor
sem feitos,
a um amor
sem leito.

azarado
eu.

fui amar
uma mulher
celestial
que pra pôr
a mão
tem que pedir
até
a papai-do-céu!
José Kappel
Enviado por José Kappel em 17/06/2006
Código do texto: T177012
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
José Kappel
Nova Friburgo - Rio de Janeiro - Brasil
2147 textos (26788 leituras)
1 e-livros (125 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 11/12/16 00:17)
José Kappel