Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

ÚLTIMO MOTIVO DA ROSA

A beleza suicida da rosa
no asfalto
É um grito de desespero
O último chamado do navio
que desancora
Lançando-se nas águas
Daquilo que é mistério e dor
e contemplação

Saber das suas rubras pétalas
É saber do sangue que escoa
Ainda morno
Pelas feridas nascidas dos embates
Vãos de cada dia

Sendo a rosa, dia-a-dia,
Menos rosa, hoje
Menos ainda rosa, amanhã
Já sabendo a flores de velório
É quando lhe sorri o mundo
Com seus brancos dentes de sabre

No asfalto, dilacerada
A beleza fátua recende
Da alma-rosa,
Transcendente
Da matéria-rosa,
Morta

* * *

Goiânia, 03 de maio de 2006
Glauber Ramos
Enviado por Glauber Ramos em 18/06/2006
Reeditado em 23/06/2011
Código do texto: T177925

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Glauber Ramos
Goiânia - Goiás - Brasil, 34 anos
97 textos (2675 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 07/12/16 18:27)
Glauber Ramos