Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Chama dos Aguados

sou chama dos aguados
pérfido dos apátridas,
bando de escola,
que escora o amor
em lágrimas
e,ousado,
se atreve a aclamar
sem desforra,
um amor perdido.

estava entre às mãos,
cajadas de calor,
quando o rei do norte,
abanou seu vento,
sudeste e atroz,
e me fez ovelha
desgarrada.

e, simples, levou pra longe
aquilo que mais queria:
o rosto quieto e brando
de minha amada,
que de branco foi
pra sala dos confins,
onde nem lua nasce,
nem sol morre.
José Kappel
Enviado por José Kappel em 19/06/2006
Código do texto: T178268
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
José Kappel
Nova Friburgo - Rio de Janeiro - Brasil
2147 textos (26780 leituras)
1 e-livros (125 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 08:26)
José Kappel