Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

VAMOS, SORRIA!

Esfacelou-se a porcelana,
foram ao chão as lágrimas,
não beba mais o fel
das entranhas da tristeza.

Partiram-se as barras da jaula,
recite um mantra divino.
Voa o pássaro da gaiola
nasceu a sonhada liberdade

de pensamento e de ações
neste mundo de bailarinos
dançando no fio da faca.
E sem tempo para um sorriso

esquecem que só a alegria
faz da pessoa um ser melhor.
Cada sorriso é um milagre
operado pela divindade

existente em cada um.
Abrindo as cortinas do escuro
ela inunda de luz violeta
a vida, antes cinzenta.

Vamos, sorria... sorria!
Invente uma rosa no asfalto
recolha-a deixando a marca
do seu sapato de alegria...

05/05/05.
Maria Hilda de Jesus Alão
Enviado por Maria Hilda de Jesus Alão em 19/05/2005
Código do texto: T17880

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Cite o nome do autor). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Maria Hilda de Jesus Alão
Santos - São Paulo - Brasil
848 textos (343268 leituras)
19 áudios (10580 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 02:29)
Maria Hilda de Jesus Alão