Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Se Soubesses deste Amor

Em veludos de anseios
Debruça-se o olhar
Na tarde que cai
Concebo o teu rosto
Na moldura da solidão
Demora-se o silêncio
No aconchego dos meus lábios
Há palavras que não se dizem
Apenas fazem companhia
Ao olhar que as pronuncia

Respiro o ar de todos os sonhos
Levitando, liberta de mim
Como se num vôo impetuoso
Livrasse-me das hesitações
Afinal de que serve
O limite da minha visão
Senão para ir te buscar
No além do que vejo?

Conduzida nos braços da saudade
Abraço-me ao teu mundo
Que ainda não sabe de mim
Unem-se o meu olhar e teu semblante
No breve e indelével instante
Em que se condensa a eternidade
Quando meus lábios e teus beijos
Comungam de todas as confidências
Anunciando-me na véspera do dia
Em que teus olhos vão se abrir aos meus

© Fernanda Guimarães
Fernanda Guimarães
Enviado por Fernanda Guimarães em 20/06/2006
Reeditado em 25/08/2008
Código do texto: T179160
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Fernanda Guimarães
Fortaleza - Ceará - Brasil
430 textos (64374 leituras)
9 áudios (1782 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 18:24)
Fernanda Guimarães