Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto
MENTIRA

Pressinto, com seu silêncio,
que mais uma vez me perdí
na loucura da emoção;
tento esconder minhas mãos para que não veja
o tremor de alguém ferido por sonhos despedaçados
Esquecendo a traição,
novamente me afoguei
saboreando seus beijos,
buscando abraços, sorrisos, e neste sonho, cedí
o que de mais profundo agora sei que perdí
Amarga meu coração
como se fel lhe cobrisse
ao saber de seu mentir;
buscarei ajuda c'os anjos,me socorrerei com o demônio
apagarei a luz do céu e, na sombra, cerrando os olhos,
reviverei sua farsa ,
o lançarei às feras,
tal ondas na arrebentação,
com a alma de justiça e coração de desforra
provocarei seu orgulho, fazendo-o confessar:
Eu mentí !


Maria Luiza de Monteiro Marinho
Enviado por Maria Luiza de Monteiro Marinho em 20/06/2006
Código do texto: T179286

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Cite o nome do autor e o link www.recantodasletras.com.br). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Maria Luiza de Monteiro Marinho
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil
149 textos (4798 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 00:15)
Maria Luiza de Monteiro Marinho