Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Um pássaro.

Viestes como um pássaro
e entoastes canções que me domaram.
Com suas asas cobristes meus medos
e no calor de suas penas me possuístes.
Sempre me acalmava
Protegia-me e me guiava.
Era meu anjo
meu encanto meu fim.
Quando partistes
senti medo, frio.
E nesta solidão me transformei.
Hoje sou pássaro solitário.
Bato sempre as asas na imensidão
a espera de reencontrar-te.
Eliane Alcântara
Enviado por Eliane Alcântara em 19/05/2005
Código do texto: T17934
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Eliane Alcântara
Lajinha - Minas Gerais - Brasil, 43 anos
177 textos (8649 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 07/12/16 16:16)
Eliane Alcântara