Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Limão Doce

todo dia,
que não
é
todo dia.

toda hora
que
não
é
toda.

nos dias
que se confudem
com horas.

pelejo
de saudade.

tornado de fogo!
ancestral
sem passado!
avestal muito
tolo!

nado no
tejo
de sol,
com corpo
alado
de vento.

e penso,
sem
refrão,
e
digo:

nas mãos
desta
rapariga
sou feito
limão doce,
abertos
em rigas.

pronto
prá dar
de comer,
pronto
prá deixar
você
tentar
fazer.

José Kappel
Enviado por José Kappel em 21/06/2006
Código do texto: T179518
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
José Kappel
Nova Friburgo - Rio de Janeiro - Brasil
2147 textos (26780 leituras)
1 e-livros (125 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 04:24)
José Kappel