Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

DESENCONTRO...

Desencontro

Desejei-te em meus braços, quis carícia de você, busquei-te por toda noite, não encontrei você. Desejo queimava o corpo, de arder por não te ver, embriaguez de desejos, desejo encontrar você, desejo seu corpo quente, desejo de amar você.

Em cada passo que dava, em cada um que passava você  queria ver. Os sons se misturavam, desejo querendo ouvir música de você. Fiz acompanhar a noite, não encontrava você.

Silêncio fez o vento, olhares buscando o meu, drink sorviam meus lábios, senti seu beijo no meu. A cada gole sorvido senti meu beijo no seu, olhar como se buscando encontrar o seu. Na noite você e eu, meus olhos buscavam seus...

Enquanto música ouvia, quis sua companhia. Violão desejei ser. Cordas desafinadas, ser tocada por você... Notas letras partituras, música. Prazer Se violão fosse, estaria com você.

Notas sendo buscadas, cordas desafinadas misturando sons, passando por entre seus dedos, quis violão ser. Matar esse desejo e nesta noite liberar medo, render-me à música, ser tocada ser desejo ser canção, ser poesia e em sua companhia sonhar que noite é dia...

Continuei... Música ouvi, buscando encontrar seus olhos e música pedir, me ofereceram lenha e eu apagada estava, ávida, pálida, trêmula, quis violão ser, encostada em seu corpo, dedilhada por você... A noite custa a passar, onde andará você?

Olhos todos, vêem tudo embriago-me de prazer. Como disfarçar? Olho buscando você... Violão sendo tocado, imagino violão ser. Música tocada por você, sou boêmia  notívaga. Noite, buscando olhar encontrar...

Noite convida amantes... Encontros e prazeres, olhos cruzam outros olhos, sem perguntar o porquê.Criam letras, buscam notas. Poemas escrever... Sorvendo sigo meu drink, buscando você. Ouvindo BOSSA NOVA, música lembra você.

Tento  desejo, sinto... posso não posso, ouço músicas canto, danço busco noites, desencontros... Sigo a me buscar,deixar medos fora e a noite entregar, magia sábia da noite, música inebria o ar... Ser instrumento de dia, a noite vem  procurar ser letra música é magia você virá me tocar...

Risos embriagados disfarçados de tristezas, desejos suprimidos prazeres não sentidos, sonhos desencontrados violões  desafinados, busco na noite encontrar músico... ser violão afinado, deslizando entre seus dedos,  ser prazer encontrado..

Ontem busquei você, cheguei atrasada não sei. Háaa, eu estava na noite a buscar você, busquei em todos os bares não encontrei você... Fiz do álcool companhia, sentir desejo e prazer sonhei ser violão, ser tocada por você...

Por DETH HAAK, 04/09/2004
Deth Haak
Enviado por Deth Haak em 19/05/2005
Código do texto: T17957
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Deth Haak
Natal - Rio Grande do Norte - Brasil, 57 anos
547 textos (65340 leituras)
50 áudios (9714 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/12/16 00:48)
Deth Haak