Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

SOLIDÃO DESVAIRADA...

SOLIDÃO DESVAIRADA

NÃO EXISTE MELHOR JEITO DE PEDIR O DIVÓRCIO. NÃO A QUERO EM MEU LEITO, NEM NAS MÚSICAS QUE OUÇO. NÃO MAIS SEUS ABRAÇOS FRIOS E NEM BEIJOS SEUS SEM SABOR. DIVÓRCIO É TUDO QUE QUERO, POR NÃO MAIS SUPORTAR SEUS BONS DIAS FRIOS, SUA INSÓLITA PRESENÇA NO MEU TRAVESSEIRO. QUERO ME DIVORCIAR.

AH...QUANTO AOS ANOS QUE JUNTAS PASSAMOS NÃO VOU LHE INDENIZAR. SE RECLAMAÇÃO TIVER, VÁ AO AMOR RECLAMAR. SE SENTIR SAUDADES MINHAS, LEMBRE-SE  DO QUANTO ME FEZ CHORAR, BUSCANDO NAS NOITES FRIAS BRAÇOS Á AQUECER-ME.

 QUANDO LEMBRAR MINHA MESA, NOSSOS JANTARES SEM GRAÇA, O VINHO DESCENDO SEM SABOR E SEM AROMA, O CHAMPAGNE QUE NÃO ESPUMAVA. NÃO TEREI SAUDADES DESVAIRADA  SOLIDÃO, DE VOCÊ NÃO QUER NADA... DIVÓRCIO É TUDO QUE QUERO. SER SOL AMANDO A LUA, QUERO MAR BEIJANDO A AREIA, ISSO NÃO PODES DAR.

NÃO FOSTE SÁBIA, COMPANHEIRA. ANTES DE O AMOR CHEGAR, FEZ-ME VER OS DESVARIOS, NO SENTIR  BEBER E COMER. NOS RESTA O DIVÓRCIO. FEZ-ME MULHER DEPRIMIDA SEM GRAÇA, SEM SONHOS TER. MUDANÇA NO OLHAR... FOI TUDO QUE ME DESTES DIVIDINDO O LAR COMIGO.

HOJE TE PEÇO DIVÓRCIO, TENHO BRILHO NO OLHAR. DEPRESSÃO FOI CORRER A MARATONA, MEU ESPELHO EMOLDURADO, MEUS DIAS MESMO NÃO SÃO, SUAS MALAS NA CALÇADA, DESCULPE A ARRUMAÇÃO. QUERO DIVÓRCIO AGORA, VOU LHE DAR EXPLICAÇÃO.

 NA MAIOR MALA QUE TROUXE, COLOQUEI COM MUITO JEITO A MELANCOLIA, AS AZIAS QUE ME DESTES QUANDO COM VOCÊ BEBIA,
DESVAIRADA SOLIDÃO. AS OLHEIRAS QUE ME DESTES AS NOITES QUE MAL DORMI. FIOS DE MEUS CABELOS QUE INSISTIAM EM CAIR, AQUELAS SENTIDAS LÁGRIMAS POR MUITO CHORAR CONTIGO.

VASCULHEI EM CADA CANTO, DE VOCÊ EU NADA QUERO, COLOQUEI NA GRANDE MALA DESGOSTOS E DISSABORES. AH, TAMBÉM A ENXAQUECA QUE TANTO A MIM PERSEGUIU, AS RUGAS DO CANTO DO OLHO QUE VOCÊ CONTRIBUIU. FOSTE  GRANDE ESCULTORA E TAMBÉM GRANDE ATRIZ,NÃO SEREI PALCO SEU,NEM COADJUVANTE.

 EU...,ATRIZ AMANTE, DIZENDO E ESCREVENDO VERSOS, ME DIVORCIO NESTE INSTANTE. SOLIDÃO DESVAIRADA. CENÁRIO SOU TEXTO, AMOR EXTASIANTE , SOU PAIXÃO DESENFREADA,SORRISO CONTAGIANTE, VÁ SEM OLHAR PARA TRÁZ  E DE MIM NUNCA SE LEMBRE . SOLIDÃO  DESVAIRADA...DIVORCIADA.



DETH  HAAK

19/05/2005
Deth Haak
Enviado por Deth Haak em 19/05/2005
Código do texto: T17965
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Deth Haak
Natal - Rio Grande do Norte - Brasil, 57 anos
547 textos (65373 leituras)
50 áudios (9723 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 03:26)
Deth Haak