Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Poema Inocente.

Esse seu jeito prende
Mesmo quando não diz
Tudo o que eu queria ouvir.
Palavras repetidas ou não fico a sorrir.

Indissolúvel alma e poeta,
São cartas em atas
Que a vida desata
Quando o amor atinge a forma exata.

Semente que padece
E flor que adoece
Se nos campos o sol não brilha
Ou a chuva não acaricia.

Do amor o corpo,
Da boca o todo,
Do viver o sentir-escrever,
Ao ler o que não diz o que o tempo prediz.
Eliane Alcântara
Enviado por Eliane Alcântara em 19/05/2005
Código do texto: T17976
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Eliane Alcântara
Lajinha - Minas Gerais - Brasil, 43 anos
177 textos (8649 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 02/12/16 20:35)
Eliane Alcântara