Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Acordei...

Simplesmente, entre uma lágrima derradeira,
acordei...
e consegui ver o que não queria ver,
o cinza do meu coração esquecido,
por entre as calhas da tua razão...
engelhado de tanto padecer
ou até crer,
enganavas-me o pobre coração...
acordei...
o caminho trilhado já sei,
apesar do vento arrepiado,
que me gretou a pele do existir...
Acordei para o desvendar do fado,
e peguei no meu Amor,
ainda que contrariado,
encaminhei-o para outro lado!
Porque o mais é passado...
Harmoniae
Enviado por Harmoniae em 19/05/2005
Código do texto: T18002
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Harmoniae
Portugal, 50 anos
75 textos (7757 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/12/16 06:32)
Harmoniae