Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

SE FECHO OS OLHOS...

Se fecho os meus olhos posso ver o seu sorriso menino.
Brincando de abrir todas as minhas portas.
Se fecho os olhos posso vê-lo
a minha frente trazendo a rosa mais bela.
Amarela!
Posso ver suas mãos me buscando, seus braços.
Seus passos vindo ao meu encontro.
Posso ver os beijos que trocamos. Tantos.
Tantos encontros.
Posso ver a estrada que caminhamos.
A lua que admiramos.
E nossos corpos enlaçados.
Enamorados.
Nós dois grudados.
Posso ver os olhares que trocamos.
As juras que nossos olhos proclamaram.
Nossos momentos felizes...
quando voamos juntos pelo espaço afora.
Quando mandamos qualquer dúvida embora.
E abraçamos uma causa.
Quando fizemos pausa...
Quando atravessamos pontes...
e os desertos...
Os oásis que encontramos em nossas buscas.
Que longo caminhar!
Quantos trechos difíceis de trilhar.
Meus olhos me trazem o caminho percorrido.
A dor não mora no fato de ter sofrido.
Ela mora num sonho esquecido.
Num sonho que não pode ter morrido.



SONIA DELSIN
Enviado por SONIA DELSIN em 18/01/2005
Reeditado em 01/04/2011
Código do texto: T1801

Copyright © 2005. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
SONIA DELSIN
São Carlos - São Paulo - Brasil
3906 textos (77465 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 01/10/16 19:18)
SONIA DELSIN