Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Prêmios

Desejei calma...
O teu amor me arrebatou,
esse teu amor que não paga pedágio!

Pedi água,
e todo um deserto largo foi o teu presente,
a areia ardente,
a noite seca
e fria.

Propuz paz, ganhei liberdade...
para que me serve esse etéreo ser,
de curtas asas
e pernas preguiçosas?

Morada Nova-CE, 12 de junho de 2006
Gina Girão
Enviado por Gina Girão em 22/06/2006
Reeditado em 31/01/2007
Código do texto: T180176
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Gina Girão
Morada Nova - Ceará - Brasil, 51 anos
419 textos (25706 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 22/08/17 01:22)
Gina Girão