Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Vertical


Nem todo silêncio é calado.
Nem todo salgado suor
È sagrado;

Nem todo calar usurpado
É consentir;

Nem todo que suga
O faz
em meio à fuga veloz;

Nem todo que ri
È um de nós.
Mas todo que chora
Um dia já foi.

Do Livro Nem todo silêncio é calado
Julio Urrutiaga Almada
Enviado por Julio Urrutiaga Almada em 22/06/2006
Código do texto: T180225

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Livros à venda

Sobre o autor
Julio Urrutiaga Almada
Curitiba - Paraná - Brasil
116 textos (4425 leituras)
16 áudios (2023 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 07/12/16 22:18)
Julio Urrutiaga Almada

Site do Escritor