Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Poema 0297 - Quando é amor

Alguns amores não têm forma e nem tempo,
feito perfume de maçã ou gosto de morango,
verdadeiro vinho quando fica antigo,
o gosto vai da boca à alma,
quanto mais me afasto, mais apaixono.
 
Tentei quebrar o invólucro onde guardam o amor,
não havia marcas, nem cinzas, nenhum sinal,
não entendo como meu corpo reage ao vazio,
cada carinho é igual e diferente de outros,
o amor vem do nada, deste espaço que tenho na alma.
 
Não importa que não falem de amor,
quando as mãos tocam, quando sente o abraço,
ao sentir seu corpo em outro, é amor,
da sensação do beijo, da vontade de ter,
do arrepio que vem sem a chuva, é amor.
 
24/05/2005
Caio Lucas
Enviado por Caio Lucas em 19/05/2005
Código do texto: T18073
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Caio Lucas
São Paulo - São Paulo - Brasil, 68 anos
4429 textos (116250 leituras)
1 e-livros (166 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 13:01)
Caio Lucas